Author Archives

    voce-sabe-quais-sao-os-equipamentos-obrigatorios-do-seu-carro

    voce-sabe-quais-sao-os-equipamentos-obrigatorios-do-seu-carro

    Você sabe quais são os equipamentos obrigatórios do seu carro?

     

    voce-sabe-quais-sao-os-equipamentos-obrigatorios-do-seu-carroA verificação periódica desses itens resulta numa condução mais econômica e principalmente mais segura.

    “Para garantir a segurança do condutor, dos passageiros e demais usuários do trânsito, é necessário manter o veículo em perfeito estado de conservação e funcionamento”, explica Eliane Pietsak, pedagoga e especialista em trânsito.

    É a Resolução 14/98 do Contran que estabelece os equipamentos obrigatórios para a frota de veículos em circulação.  De acordo com a norma, para circular em vias públicas, os veículos deverão estar dotados dos equipamentos obrigatórios relacionados, a serem constatados pela fiscalização e em condições de funcionamento. Transitar com um veículo sem possuir o equipamento obrigatório, com ele inoperante ou em desacordo é infração grave, com multa de R$ 195,23, acréscimo de cinco pontos na CNH e retenção do veículo para regularização.

    Aproveite para verificar na lista abaixo se o seu veículo está em ordem.

    Para-choques, dianteiro e traseiro

    Os para-choques cumprem papel fundamental para diminuição de danos em caso de colisão frontal e traseira.

    Luzes de posição dianteiras (faroletes) de cor branca ou amarela

    Luzes que servem para indicar a presença e a largura do veículo. Devem ser usadas durante o dia, em caso de chuva ou neblina – embora seja recomendável o farol baixo ou de neblina; e à noite, com o carro parado, no embarque e desembarque de passageiros ou em operações de carga e descarga.

    Faróis principais dianteiros de cor branca ou amarela

    A luz é um fator fundamental de segurança para que os usuários do trânsito possam ver e serem vistos. Porém, ela pode se tornar uma condição adversa se estiver em falta ou excesso. Por esse motivo os faróis principais (luz baixa e alta) devem estar em perfeitas condições de uso.

    Lanterna de iluminação da placa traseira, de cor branca

    A função desta lâmpada é iluminar a placa identificando o veículo.

    Lanternas de freio de cor vermelha

    São aquelas destinadas a indicar os demais usuários da via que se encontram atrás do veículo, que o condutor está utilizando os freios.

    Lanternas indicadoras de direção: dianteiras de cor âmbar e traseiras de cor âmbar ou vermelha

    É a luz do veículo destinada a indicar aos demais usuários da via que o condutor tem o propósito de mudar de direção para a direita ou para a esquerda. Essa comunicação é muito importante, pois ao saber das intenções de outros condutores, é possível prever ações e seguramente evitar freadas bruscas, pequenas colisões e até mesmo grandes acidentes.

    Lanternas de posição traseiras de cor vermelha

    Luzes que servem para indicar a presença e a largura (na parte traseira do veículo), quando os faróis são acesos, elas também são acesas automaticamente.

    Lanterna de marcha à ré, de cor branca

    Sua função é clara, alertar os outros motoristas e pedestres que o carro está se movendo para trás. O fato de iluminar a traseira do veículo é muito útil à noite ou durante o estacionamento em garagens.

    Espelhos retrovisores, interno e externo

    O retrovisor é um equipamento utilizado para ampliar a visibilidade dos motoristas. Normalmente os veículos possuem três espelhos retrovisores: o espelho central, que garante visibilidade traseira durante a condução e os laterais, que tem como função ajudar o condutor a enxergar fora de sua visão periférica.

    Lavador de para-brisa

    É o equipamento que ejeta água no para-brisa com o objetivo de limpar o vidro do veículo e melhorar a visibilidade do condutor.

    Limpador de para-brisas

    Chovendo ou não, um dos itens mais importantes do carro para manter a segurança do motorista e dos passageiros é o limpador de para brisa. É importante manter as palhetas do limpador de para-brisas em bom estado.

    Pala interna de proteção contra o sol (para-sol) para o condutor

    O uso do para-sol evita a incidência direta de raios solares, porém ele deve ser usado apenas em momentos específicos de grande brilho, pois reduz o campo de visão.

    Velocímetro 

    Informa a velocidade do veículo. É nele que você deve ficar de olho para não exceder o limite de velocidade das vias.

    Cinto de segurança para todos os ocupantes do veículo

    Estudos mostram que o cinto de segurança no banco da frente reduz o risco de morte em 45% e, no banco traseiro, em até 75%.  Para usar o cinto corretamente o motorista e passageiros devem ajustá-lo firmemente ao corpo, sem deixar folgas. O cinto nunca deve passar pelo pescoço e sim pelo ombro e meio do peito. A faixa inferior deverá ficar abaixo do abdômen (passando pelos ossos do quadril).

    Triângulo de sinalização 

    O triângulo de segurança, ou dispositivo de sinalização luminosa e refletora de emergência, é um equipamento obrigatório em todos os automóveis. O item deve ser utilizado quando o veículo estiver impossibilitado de andar, devido à pane ou acidente. O dispositivo é fundamental para avisar aos outros motoristas que há alguém parado logo à frente, diminuindo assim o risco de acidente.

    Chave de roda

    A chave de rodas é uma ferramenta concebida para remover as porcas da roda de um veículo, utilizada no caso de troca de pneu furado.

    Chave de fenda ou outra ferramenta apropriada para a remoção de calotas

    Como o nome já diz, é utilizada para remover a calota do veículo em caso de troca de pneu furado.

    Macaco, compatível com o peso e carga do veículo

    O macaco é uma ferramenta utilizada para auxiliar a troca dos pneus. O instrumento ergue o veículo através de uma manivela, assim sustentando o carro e possibilitando a troca.

    Dispositivo destinado ao controle de ruído do motor, naqueles dotados de motor a combustão

    Os veículos possuem esse equipamento, pois o ruído excessivo causa prejuízo à saúde física e mental, afetando particularmente a audição. A adequada manutenção do sistema de escapamento dos veículos evita o aumento da emissão de ruído.

    Pneus que ofereçam condições mínimas de segurança

    Pneus com profundidade de sulcos menor que 1,6 mm já são considerados carecas e seu uso não é recomendado. Sulcos são os frisos entre as bandas de rodagem dos pneus. Ela que indicam quando devem ser trocados. O limite pode ser observado com um indicador dentro do friso. Se esse indicador estiver na mesma altura da banda de rodagem, o veículo pode receber uma multa.

    Roda sobressalente, compreendendo o aro e o pneu, com ou sem câmara de ar, conforme o caso

    O estepe deve estar sempre em perfeitas condições de uso. Uma dica importante para conservar os pneus é: ao fazer a calibragem semanal, lembrar-se de conferir se o estepe está com a pressão e as condições gerais adequadas.

    Freios de estacionamento e de serviço, com comandos independentes

    Pouco lembrado pela maioria dos motoristas, o freio de estacionamento, mais conhecido como freio de mão, merece cuidado. Isso porque o equipamento perde a eficiência durante o uso e caso não esteja bem regulado, pode causar acidentes. A forma correta de usá-lo interfere diretamente em sua vida útil. A sua função principal é impedir o veículo de se movimentar enquanto estacionado.

    Buzina

    A buzina deve ser utilizada, sempre em toque breve, em duas situações estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro: para fazer advertências necessárias, quando houver um risco à segurança do trânsito e fora das áreas urbanas, para indicar o propósito de ultrapassar outro veículo.

    Veja equipamentos obrigatórios para outros veículos automotores:

    – Retrorrefletores (catadióptrico) traseiros, de cor vermelha;

    – Registrador instantâneo e inalterável de velocidade e tempo, nos veículos de transporte e condução de escolares, nos de transporte de passageiros com mais de dez lugares e nos de carga com capacidade máxima de tração superior a 19t;

    – Lanternas delimitadoras e lanternas laterais nos veículos de carga, quando suas dimensões assim o exigirem;

    Cinto de segurança para a árvore de transmissão em veículos de transporte coletivo e carga.

     

    Fonte: Portal do Trânsito

    O artigo: Você sabe quais são os equipamentos obrigatórios do seu carro?, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    comissao-aprova-exigencia-de-estepe-identico-aos-outros-pneus-do-carro

    comissao-aprova-exigencia-de-estepe-identico-aos-outros-pneus-do-carro

    Comissão aprova exigência de estepe idêntico aos outros pneus do carro

     

    comissao-aprova-exigencia-de-estepe-identico-aos-outros-pneus-do-carroA Comissão de Defesa do Consumidor aprovou proposta que obriga fabricantes de veículos a instalar – como equipamento obrigatório nos modelos novos, nacionais e importados – comercializados no País, o estepe (pneu e roda sobressalentes) idêntico ao demais instalados no veículo ou sistema alternativo.

    Foi aprovado um substitutivo do relator, deputado Eros Biondini (Pros-MG), para o Projeto de Lei 82/15, do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS).

    Biondini optou por um novo texto por considerar que a simplicidade do projeto apensado – Projeto de Lei 952/15, do deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE) – conduz a uma maior eficácia normativa.

    “Ele apenas altera o Código de Trânsito (Lei nº 9.503/97) para incluir o estepe idêntico aos demais conjuntos como equipamento obrigatório do veículo, obrigando tanto a indústria a fornecê-los, como os condutores a preservá-los. Ademais, aproveita lei já existente e, em consequência, todo o aparato de regulação e fiscalização nela previsto”, explicou.

    Tramitação

    O projeto tramita em caráter conclusivo, e será ainda analisado pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

     

    Fonte: Portal do Trânsito

    O artigo: Comissão aprova exigência de estepe idêntico aos outros pneus do carro, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    alem-do-sorriso-o-que-pode-e-o-que-nao-pode-na-foto-da-cnh

    alem-do-sorriso-o-que-pode-e-o-que-nao-pode-na-foto-da-cnh

    Além do sorriso, o que pode e o que não pode na foto da CNH

     

    Após a polêmica nas redes sociais sobre sair sorrindo na foto, Detran lista os itens que são proibidos.

     

    alem-do-sorriso-o-que-pode-e-o-que-nao-pode-na-foto-da-cnh

    Recentemente, o caso do fotógrafo Filipe Borges relatando nas redes sociais que queria tirar a foto para sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) sorrindo causou polêmica. Muitos foram a favor do fotógrafo, sendo importante destacar que não existe qualquer impedimento a sair sorrindo na foto.

    Por outro lado, nem tudo é permitido. Por isso, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) listou o que pode e o que não pode aparecer na foto da CNH.

    O que pode

    É permitido uso de acessórios como turbantes, gorros, bonés com a aba para trás, lenços ou “hijab”, hábito religioso, bindi (maquiagem indiana) e óculos de grau, mas estes desde que tenham lentes antirreflexo.

    O que não pode

    É proibido o uso de itens que prejudiquem a identificação, cobrindo ou fazendo sombra no rosto, como boné com a aba voltada para a frente, óculos escuros e os véus islâmicos “niqab” e “burka”.

     

    Fonte: ICarros

     

    O artigo: Além do sorriso, o que pode e o que não pode na foto da CNH, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    vai-vender-veja-6-itens-que-voce-precisa-limpar-antes

    vai-vender-veja-6-itens-que-voce-precisa-limpar-antes

    Vai vender? Veja 6 itens que você precisa limpar antes

     

    Vai passar o carro pra frente? Alguém vai vê-lo pessoalmente? Confira essas dicas para dar uma boa primeira impressão.

     

    vai-vender-veja-6-itens-que-voce-precisa-limpar-antes

    Na hora de vender o carro, toda a ajuda conta. Apresentar bem o veículo aos interessados é uma maneira de não perder a venda por conta de pequenos detalhes, mas que fazem a diferença para quem está comprando. A limpeza e a aparência geral conta muito nesse cálculo. Veja seis itens que você deve limpar antes de mostrar um carro à venda para um interessado.

    Lave o carro!

    Confira as dicas para lavar o carro a seco em casa

    Se alguém for ver seu carro, tire um tempo para limpá-lo antes. Será a primeira vez que o comprador vai vê-lo e se o veículo estiver coberto de pó ou sujeira, você perde a chance de causar uma boa primeira impressão.

    Não esqueça das rodas

    Essa vale tanto para rodas de liga quanto para calotas. No primeiro caso, limpe também o aro interno e entre os raios da roda, retirando o pó das pastilhas de freio que se acumula por ali. Para os que têm calotas, retire-as, limpe-as e lembre também de lavar a roda por trás da peça.

    Se der, faça um polimento

    Veja como fazer o polimento em casa

    Investir num polimento pode não ser tão barato, se você sentir confiança para realizar o serviço em casa é uma boa opção para melhorar a aparência geral da carroceria, amenizando o visual de pequenos riscos e marcas na lataria.

    Em volta do banco do motorista

    Confira como hidratar os bancos de couro

    Preocupe-se também com o que o interessado em seu carro vai ver primeiro quando sentar no banco do motorista. Lembre-se de deixar o painel se pó e os porta-trecos limpos. Confira também o volante e os comandos ao redor dele. Vale também aspirar o carro para tirar aquelas sujeirinhas chatas que se acumulam ao redor do banco e nos espaços entre os bancos e o console central.

    Tapetes e carpetes

    Esses itens demonstram a idade e o desgaste do carro, além do cuido (ou falta de) que o atual dono tem. Se estiverem rasgados ou muito usados, substitua-los. Se estiverem apenas sujos ou encardidos, hora de usar água, sabão e escova para deixá-los com uma melhor aparência.

    Motor

    A ideia de lavar o motor não é esconder defeitos ou pequenos vazamentos, muito menos “enganar” que está vendo seu carro. É apenas para aparentar cuidado com o carro. Confira no vídeo linkado abaixo como fazer isso sem usar água. Você pode até usar gel específico para dar brilho nos plásticos do motor, mas tome cuidado com as borrachas, que podem ressecar, e retire o excesso com um pano seco.

    Veja como lavar o motor a seco em casa

    Inodor

    Se o seu carro emite algum odor, vá atrás dele. Por vezes a origem pode ser algum item esquecido no carro ou acumulo de sujeira. Se retirar o item não resolver, lave. O mesmo vale para lixo. Usar lavagem a vapor interna pode ajudar

    Lavagem a vapor tem prós e contras. Confira

    Faça tudo isso pouco antes de mostrar o carro

    Assim que você tiver hora e data marcada para mostrar o carro ao interessado, programe-se para deixar o veículo limpo pouco antes disso. Assim, você evita de mais sujeira e pó se acumularem de um dia para o outro e estragar todo o trabalho que você teve.

    E mostre o carro longe de onde você lavou

    A ideia aqui é não é apenas deixar aparente que você acabou de lavar o carro, mas também mostrar um ambiente limpo, denotando cuidado não só com o carro. Não adianta nada ter um carro impecável com manchas de óleo e sabão no chão.

     

    Fonte: ICarros

    O artigo: Vai vender? Veja 6 itens que você precisa limpar antes, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    preco-da-gasolina-nos-postos-cai-pela-9a-semana-seguida-diz-anp

    preco-da-gasolina-nos-postos-cai-pela-9a-semana-seguida-diz-anp

    Preço da gasolina nos postos cai pela 9ª semana seguida, diz ANP

     

    Valor médio do diesel também caiu; na mesma semana, Petrobras reduziu preços nas refinarias.

    O preço médio por litro da gasolina e do diesel nas bombas terminaram a semana em queda, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (14) pela Agência Nacional de Petróleo (ANP). Na mesma semana, a Petrobras diminuiu o valor dos combustíveis nas refinarias.

    Na média, o preço por litro de gasolina passou de R$ 3,489 na semana passada para R$ 3,485, uma queda de 0,11%. Com isso, o preço segue no menor patamar desde outubro de 2015. No mesmo período, a Petrobras cortou o preço em 1,02% nas refinarias. O repasse ou não do corte dos preços ao consumidor depende dos postos.

    Já o preço do diesel caiu 0,3% na semana, de R$ 2,948 para R$ 2,939 nas bombas. Nas refinarias, a Petrobrar diminuiu os preços em 2,4% na semana.

    Segundo a ANP, o preço médio do etanol para o consumidor final se manteve estável na semana, em R$ 2,423 por litro.

    preco-da-gasolina-nos-postos-cai-pela-9a-semana-seguida-diz-anp

    Nova política de preços

    A Petrobras pratica desde outubro uma nova política de definição de preços dos combustíveis, com reuniões periódicas para definir os valores da gasolina e do diesel nas refinarias. As reuniões, inicialmente, eram mensais, mas a Petrobras decidiu rever os preços de combustível com uma frequência ainda maior. A estatal passou a reavalia os preços diariamente.

    Fonte: G1

    O artigo: Preço da gasolina nos postos cai pela 9ª semana seguida, diz ANP, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    detran-de-sp-faz-campanha-para-lembrar-que-pessoas-podem-sorrir-em-foto-de-cnh

    detran-de-sp-faz-campanha-para-lembrar-que-pessoas-podem-sorrir-em-foto-de-cnh

    Detran de SP faz campanha para lembrar que pessoas podem sorrir em foto de CNH

     

    ‘Vai ter sorrisão”, diz slogan de campanha. Polêmica segue após post feito por fotógrafo em MG. Já a PF não libera sorriso em passaportes.

    A polêmica sobre sorrir ou não ao tirar fotos para documentos continua tomando conta das redes e é uma dúvida comum de quem vai a unidades do Poupatempo em São Paulo para obter documentos. O tema voltou à tona após o fotógrafo de Minas Gerais Filipe Borges divulgar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e contar que precisou insistir para poder sair sorrindo.

    Em São Paulo, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) divulgou nesta semana um post no Twitter em que afirma que o sorriso está liberado. “Você pode sorrir pra foto da CNH sim”, diz o tweet. O órgão fez, inclusive, uma ilustração com imagem semelhante à do fotógrafo Filipe Borges.

    Como não existe legislação dizendo se pode ou não sorrir na foto, a decisão cabe ao órgão responsável pela emissão do documento. A Polícia Federal, por exemplo, não permite sorrir em fotos de passaporte.

    detran-de-sp-faz-campanha-para-lembrar-que-pessoas-podem-sorrir-em-foto-de-cnh

    Insistência

    A imagem do documento, que viralizou na internet, foi resultado de muita insistência. “No dia 27 de junho eu fui a uma clínica aqui em Sete Lagoas (MG) fazer um exame para renovar a carteira. Aí, quando eu fui tirar a foto, sorri. A moça disse que não podia tirar sorrindo. Foi aí que eu argumentei, ‘qual é o problema de tirar sorrindo?’”, conta Filipe Borges.

    Segundo o fotógrafo, a atendente disse que a razão seria facilitar a identificação no caso de uma eventual investigação da polícia. Filipe contestou a justificativa dizendo que as pessoas tinham o costume de ser fotografadas sérias porque o processo de registro era lento e sorrir poderia borrar a foto.

    Ainda de acordo com Filipe, a atendente disse que ele deveria assinar um termo de próprio punho se responsabilizando pelo “sorriso”. “O legal é que quando eu saí do exame, a moça veio me dizer que tinha ligado pro Detran e o pessoal falou que eu poderia tirar a foto do jeito que eu quisesse”, contou.

    Fonte: G1

    O artigo: Detran de SP faz campanha para lembrar que pessoas podem sorrir em foto de CNH, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    reforma-trabalhista-trara-avancos-para-o-transporte-avalia-setor

    reforma-trabalhista-trara-avancos-para-o-transporte-avalia-setor

    Reforma Trabalhista trará avanços para o transporte, avalia setor

     

    Mais contratações, redução de custos e diminuição de processos na Justiça do Trabalho estão entre os benefícios esperados.

     

    reforma-trabalhista-trara-avancos-para-o-transporte-avalia-setor

    A Reforma Trabalhista passou pelo Senado Federal e, agora, aguarda sanção presidencial para começar a valer. No transporte, a avaliação é que o novo texto deve gerar uma série de benefícios, potencializando o desenvolvimento do setor. Entre os pontos de destaque, estão a prevalência do negociado sobre o legislado (em questões como salários e jornadas de trabalho) e a redução de ações trabalhistas desnecessárias. Além disso, para os transportadores, a modernização da legislação era necessária, porque a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) estava ultrapassada e já não respondia às necessidades das atuais relações de trabalho.

    Para o presidente da ABTC (Associação Brasileira de Logística, Transportes e Cargas), Pedro Lopes, “a aprovação da proposta foi possível graças a um esforço conjunto de vários setores e diversas entidades, em especial, o setor empresarial de transporte, que atuou de maneira intensa e decisiva junto aos parlamentares, para que votassem a favor da medida”. Pedro Lopes destaca que o projeto não retira direitos dos trabalhadores; ao contrário, “traz liberdade, segurança e transparência à relação entre empregados e empregadores”. Para ele, a medida representa um avanço e um passo fundamental para que as empresas voltem a contratar e garantir a redução do custo Brasil.

    “O setor entra em uma nova era e não tenho dúvidas de que essas mudanças trarão benefícios para o transporte e para a economia como um todo”, analisa o presidente da NTC&Logística, José Hélio Fernandes. Ele destaca, dentre os pontos importantes da Reforma, o fortalecimento da negociação entre as entidades patronais e as laborais. Para Fernandes, isso favorecerá a redução das demandas judiciais que envolvem questões trabalhistas. “O que o trabalhador quer é emprego e renda, e o empresário quer produtividade e um clima harmonioso para todos trabalharem. No médio prazo, os benefícios virão para todos”, ressalta.

    No modal aquaviário, a avaliação também é positiva. “A Reforma trará vários benefícios para todos os setores, mas a navegação e o setor portuário devem ter impactos ainda mais positivos, pois são setores com legislações muito rígidas”, acredita Raimundo Holanda, presidente da Fenavega (Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária). Para ele, a desburocratização viabilizada pelo novo texto facilitará as contratações e, com isso, aumentará a empregabilidade.

    Fonte: CNT

    O artigo: Reforma Trabalhista trará avanços para o transporte, avalia setor, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    motorista-brasileiro-pode-dirigir-por-quase-125-metros-sem-olhar-para-a-frente

    motorista-brasileiro-pode-dirigir-por-quase-125-metros-sem-olhar-para-a-frente

    Motorista brasileiro pode dirigir por quase 125 metros sem olhar para a frente

     

    Estudo do Cesvi Brasil mostra como usar o celular ao volante pode interferir na direção.

    motorista-brasileiro-pode-dirigir-por-quase-125-metros-sem-olhar-para-a-frente

    Uma pesquisa feita pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária (CESVI Brasil) analisou quanto tempo os motoristas brasileiros ficam sem olhar para a pista enquanto trocam mensagens, navegam por redes sociais ou destravam o smartphone.

    O levantamento apontou que os participantes do estudo permaneceram entre 0,3 e 4,5 segundos dirigindo às cegas, com um tempo médio de 1,48 segundos para ler e responder uma mensagem. Um motorista que esteja a 100 km/h, segundo o Cesvi, pode percorrer até 125 metros sem estar olhando para a via. Nesse curto tempo, o condutor pode acabar ultrapassando faixas de rolagem, realizar freadas bruscas desnecessárias, passar por cima de buracos e até mesmo provocar acidentes graves.

    Outro exemplo de distração ao volante é abrir o Facebook. A atitude, aparentemente inofensiva, faz o motorista brasileiro ficar 3,5 segundos com os olhos no celular, de acordo com o Cesvi. No intervalo, a 100 km/h, o espaço percorrido é de 97 metros.

    Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o uso do celular durante a direção é passível de multa de R$ 293,47 e 7 pontos na carteira. O motorista também pode ser autuado por não dirigir com as duas mãos ao volante, infração que prevê multa de R$ 130,16 e 5 pontos na CNH.

     

    Fonte: Jornal do Carro 

     

    O artigo: Motorista brasileiro pode dirigir por quase 125 metros sem olhar para a frente, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    governo-quer-vetar-estepe-de-uso-temporario

    governo-quer-vetar-estepe-de-uso-temporario

    Governo quer vetar estepe de uso temporário

     

    Proposta prevê pagamento de multa de 10% do valor do veículo ao proprietário, em caso de descumprimento.

     

    governo-quer-vetar-estepe-de-uso-temporario

    A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei do deputado Pompeo de Mattos (PMDB-RS) que estabelece que as montadoras devem instalar um estepe idêntico aos pneus dos modelos nacionais e importados comercializados no País.

    Isso significa que os estepes de uso temporário não poderão ser mais usados nos carros do País, caso o projeto vire lei.

    O projeto tramitará em conjunto com o texto do deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE). De acordo com a peça de Mitideri, os estepes que equipam os veículos hoje possuem dimensões e características diferentes dos que estão nas rodas originais.

    Isso “prejudica sobremaneira a movimentação e a segurança do automóvel” e “pode trazer riscos elevados para os condutores e passageiros desses veículos”.

    O projeto de lei também impõe que as montadoras paguem 10% do valor do veículo ao proprietário, caso o estepe e os outros pneus sejam diferentes. Agora, a proposta dever tramitar nas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

     

    DNT 04-12-2013 SAO PAULO - SP / JORNAL DO CARRO OE / COMPARATIVO LOGAN X VOYAGE X SIENA - motor do voyage da Volkswagen - FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

    1/15

    LAVAR O MOTOR

    A prática não é mais recomendada por engenheiros, pois pode danificar componentes elétricos e eletrônicos que ficam no cofre do motor. Se a sujeira incomodar, procure ajuda especializada.

     

    CTRAN5 SAO PAULO SP 28.12.2008 TRANSITO RODOVIA IMIGRANTES CIDADES Trânsito intenso na Rodovia dos Imigrantes no sentido capital , próximo a interligação com rodovia Anchieta , na volta do paulistano para a casa depois do feriado de Natal. FOTO CLAYTON DE SOUZA/AE

    2/15

    FAROL DE NEBLINA

    Os faróis de neblina devem ser usados, como o nome diz, com neblina. Durante o dia, a lei agora pede que os faróis baixos sejam usados, portanto, eles não servem. À noite, são insuficientes para iluminar o caminho, já que têm luz mais fraca e difusa. Use-os sempre junto com os faróis principais. E não adianta colocar lâmpadas mais fortes, já que o facho do farol de neblina só faz criar um clarão incômodo e sem forma à frente do carro.

     

    governo-quer-vetar-estepe-de-uso-temporario3

    3/15

    SPRAY NO FUNDO DO CARRO

    Borrifar produtos químicos na parte de baixo do carro é uma prática antiga, que não é mais necessária hoje em dia. Esses produtos podem atacar a borracha de mangueiras e terminais de suspensão e direção, diminuindo sua vida útil. Se estiver muito sujo, ou for algo incômodo ao dono do carro, é melhor lavar com água em alta pressão mesmo.

     

    RADIADOR09 - SAO PAULO - 19-04-07 RADIADOR - JORNAL DO CARRO.Foto do servico de limpeza do radiador como mostra, o mecanico Wilsom Ferigato.Foto Claudio Teixeira/AE

    4/15

    SÓ ÁGUA NO RADIADOR

    Foi-se o tempo que era possível completar com apenas água o nível do radiador. A água da torneira pode contaminar o sistema, acelerando a corrosão dos componentes. Além disso, muitos motores trabalham a temperaturas acima do ponto de ebulição da água, mesmo sob pressão no sistema de arrefecimento. Assim, um aditivo é indispensável ao funcionamento do propulsor.

     

    governo-quer-vetar-estepe-de-uso-temporario5

    5/15

    PASSAR NA LOMBADA FREANDO

    Se não deu tempo de frear o suficiente para passar numa lombada, evite transpô-la com o pé no freio. Reduza o quanto for possível antes, mas alivie o pé ao passar pelo obstáculo. Isso vai levantar a frente do carro e evitar raspões piores na parte de baixo do motor. Respire fundo e deixe a suspensão trabalhar.

     

    S11 SP 26-03-2007 JORNAL DO CARRO JT gol totalflex - volkswagen lancou em 24 de marco de 2003 o seu primeiro motor bicombustivel FOTO DIVULGACAO

    6/15

    NÃO MISTURAR GASOLINA E ETANOL NO TANQUE

    Há um mito de que não se pode misturar grandes quantidades de gasolina e etanol no tanque do carro. Isso não é verdade, visto que os sensores localizados na central eletrônica e as peças do sistema de combustível são todas preparadas para identificar e lidar com qualquer volume dos dois, permitindo que o carro funcione da melhor maneira possível

     

    ala3 São Paulo 10/07/09 - JORNAL DO CARRO - CAMBIO AUTOMATICO - Especial cambio automatico. FOTO ANDRE LESSA/AE.

    7/15

    PONTO MORTO NÃO ECONOMIZA MAIS COMBUSTÍVEL

    Ao contrário do que se diz a crença popular, da época dos carros com carburador, colocar o carro no ponto morto, como é popularmente conhecido, não ajuda a economizar combustível. O sistema de injeção eletrônica continua enviando combustível, mesmo assim. Para conseguir economizar, basta tirar o pé do acelerador e aí o carro vai entender que não está sendo requisitado e injetar apenas o necessário para manter o motor funcionando

     

    TESTES S11 SP 28-04-05 J CARRO JT testes com sistemas de freios ABS da Bosch. Na foto, um Chevrolet Astra. FOTO Divulgacao.

    8/15

    FUNÇÃO DO FREIO ABS NÃO É REDUZIR ESPAÇO DE FRENAGEM

    Há a crença de que os freios ABS ajudam a reduzir o espaço de frenagem. Isso pode até ocorrer, dependendo da situação, mas não é a sua função. O sistema evita o travamento das rodas em uma frenagem, permitindo ao motorista ter o controle do volante durante a operação e reduzindo o risco de acidentes.

     

    VICIOS2 S13 SAO PAULO 24/01/01 JORNAL DO CARRO JT VICIOS - HABITOS COMUNS A UM GRANDE NUMERO DE MOTORISTAS - O MOTORISTA MANTEM O ACELERADOR PRESSIONADO E DEIXA O PE ESQUERDO NA EMBREAGEM FOTO JOSE CORDEIRO/AE

    9/15

    ACELERAR O CARRO ANTES DE DESLIGAR

    Acelerar o carro antes de desligar também é um mito que caiu com o carburador. Havia a prática em carros carburados para tentar facilitar a próxima partida ao deixar a gasolina ou etanol na linha de combustível, reduzindo o esforço da bomba para puxar. O problema é o combustível que fica no cilindro e não é queimado retira o fio de óleo que envolve os pistões, gerando maior atrito na próxima partida e desgastando mais as peças

     

    ala6 São Paulo 10/07/09 - JORNAL DO CARRO - CAMBIO AUTOMATICO - Especial cambio automatico. FOTO ANDRE LESSA/AE.

    10/15

    COLOCAR O CÂMBIO AUTOMÁTICO EM NEUTRO NAS PARADAS

    Ao contrário do mito, não é preciso colocar o câmbio em neutro nas paradas em semáforos. Ele não será sobrecarregado por, supostamente, querer acelerar enquanto você segura o veículo no freio. Enquanto o carro estiver ligado haverá lubrificação dos componentes e na verdade a troca de neutro para drive ou vice-versa o tempo todo, pode levar na verdade a um desgaste maior e prematuro dos tambores de acoplamento

     

    PNEU10 - SAO PAULO - 08-11-06 PNEU - JORNAL DO CARRO. Foto do serviço de manutenção dos pneus.Foto Claudio Teixeira/AE

    11/15

    PNEU NOVO NA FRENTE OU ATRÁS?

    Pneus novos na frente ou atrás? Muitos pensam que, se for necessário trocar apenas dois pneus (em vez dos quatro), é melhor instalá-los no eixo traseiro. O correto, porém, é colocar a dupla nova na frente, porque são as rodas direcionais, e onde normalmente está a tração e o maior peso.

     

    governo-quer-vetar-estepe-de-uso-temporario12

    12/15

    PASSAR NO RADAR EM ALTÍSSIMA VELOCIDADE

    Há quem diga que radares não conseguem detectar veículos em altíssima velocidade. Mas esse flagra feito pela Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Sul, durante o fim de semana, prova o contrário: o registro mostra uma moto a 251 km/h.

     

     

    GASOLINA5 S2 SAO PAULO 01/11/02 GASOLINA / AUMENTO EDIT ECONOMIA OE. AUMENTO DE COMBUSTIVEL - FRENTISTA ABASTECENDO VEICULO NO POSTO BR DA PETROBRAS NA RUA TURIASSU. FOTO SERGIO CASTRO /AE

    13/15

    GASOLINA PREMIUM NÃO AUMENTA POTÊNCIA DO CARRO

    Gasolina do tipo premium aumenta a potência do carro? Não, é mito. Há motores, principalmente os mais avançados, que funcionam melhor com combustível de maior octanagem (como no caso da premium). Mas ela apenas permite que o motor renda o seu máximo. Na maioria dos motores, não faz nenhuma diferença.

     

    VICIOSVOLANT04 - SAO PAULO - 23-05-2006 VICIOSVOLANT - Jornal do Carro.Vicios que danificam o carro, como passar com uma rada de cada vez na lombada.Foto Claudio Teixeira/AE

    14/15

    NÃO PASSE POR LOMBADAS NA DIAGONAL

    Passar sobre lombadas na diagonal é melhor para o carro? Não, é mito. Esse tipo de manobra provoca uma torção desnecessária no monobloco do veículo, o que deve ser evitado. O melhor é passar com o carro na perpendicular, ou seja, com as duas rodas subindo na lombada ao mesmo tempo.

     

    governo-quer-vetar-estepe-de-uso-temporario15

    15/15

    CÂMBIO MANUAL X CÂMBIO AUTOMÁTICOS/AUTOMATIZADOS

    Câmbio manual é melhor para quem gosta de desempenho? Não, é mito. Atualmente, há sistemas automatizados com dupla embreagem, capazes de fazer trocas mais rápidas do que um piloto profissional conseguiria em uma transmissão manual.

    Fonte: Jornal do Carro

     

     

    O artigo: Governo quer vetar estepe de uso temporário, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →

    lei-pode-proibir-mudanca-de-modelo-em-carros-antes-de-um-ano

    lei-pode-proibir-mudanca-de-modelo-em-carros-antes-de-um-ano

    Lei pode proibir mudança de modelo em carros antes de um ano

     

    Proposta atinge automóveis e motocicletas e visa impedir que os veículos mudem com prazo inferior a um ano.

     

    lei-pode-proibir-mudanca-de-modelo-em-carros-antes-de-um-ano

    A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou nesta semana um projeto de lei que proíbe as fabricantes de veículos, incluindo carros e motos, de alterar o ano-modelo dos mesmos antes do fim do ano em que o modelo anterior foi produzido. Ou seja, não seria permitido lançar o carro 2018 ainda em 2017.

    O objetivo do Projeto de Lei 7204/14 do relator Chico Lopes (PCdoB-CE) é inibir que as fabricantes modifiquem “técnica, estética ou mecanicamente” os produtos para colocá-los no mercado com outro modelo com um prazo inferior a um ano.

    A exceção, conforme noticiou a Agência Câmara Notícias, seria permitir o lançamento de um novo ano-modelo apenas quando “houver relevante inovação técnica, estética ou mecânica no veículo, conforme parâmetros técnicos definidos em regulamento”.

    Esse projeto toma como base ainda outras propostas, como o Projeto de Lei 137/03, do ex-deputado Inocêncio Oliveira, que sugeria ser obrigatória a manutenção no mercado, pelo prazo mínimo de dez anos, dos modelos automotores fabricados no país.

    Agora, o relator irá ampliar a determinação, estipulando também a manutenção no mercado de componentes e peças de reposição para veículos nacionais e importados. “Tão importante quanto assegurar a fabricação de novos modelos de veículos automotores por dez anos é assegurar a reposição de peças desses veículos”, disse.

    Conforme disse Lopes à Agência Câmara Notícias, “os consumidores brasileiros são frequentemente surpreendidos por uma rápida desvalorização de seus bens, à medida que são lançados novos modelos no mercado em um prazo muito exíguo em relação ao modelo anterior”.

    A proposta agora tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

    Fonte: ICarros

    O artigo: Lei pode proibir mudança de modelo em carros antes de um ano, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

    VEJA MAIS →